terça-feira, junho 28, 2005

Espero por ti


Porque me deixas aqui
Nesta solidão sem fim
Agarrada a teu retrato
Na esperança que um dia
Voltes para mim

Espero dias, meses até anos
Se for o necessário
Para acordares do passado
E voltes para mim como eu tinha sonhado

26 Comments:

Blogger Vanessa said...

Às vezes não vale a pena esperar...porque os sonhos não passam de sonhos e é na realidade que deves ser feliz...

Gostei do teu espaço... vou voltar mais vezes, posso? :)

*

http://www.pedacosdepapel.blogspot.com/

junho 27, 2005 8:42 PM  
Blogger vulnerable said...

Obrigada Vanessa, pela tua palavra amiga...

Claro que podes e deves sempre que desejares (voltar)

Outra vez Obrigada

junho 27, 2005 8:57 PM  
Blogger MONALISA said...

O teu blog é bonito, esteticamente muito agradável. É sempre bom encontrar poesia. Beijo

junho 27, 2005 9:12 PM  
Blogger vulnerable said...

Obrigada Monalisa, por teres gostado do meu espaço.

junho 27, 2005 9:18 PM  
Blogger musalia said...

venho agradecer-te a visita ao meu blog. a poesia e as imagens são de grande sensibilidade.
felicidades para o teu espaço. voltarei :)

junho 27, 2005 9:24 PM  
Blogger vulnerable said...

Obrigada Musalia, pelas tuas palavras.

junho 27, 2005 9:39 PM  
Blogger H. said...

As tuas palavras recordaram-me outras, do Bob Marley: »I don't wanna wait in vain for your love«...
a saudade do que foi e ñ voltará atormenta tds aqueles que viveram amores marcantes. Mas há que ser forte e continuar! O futuro reserva um manancial de coisas boas, temos é de acreditar, sempre, e muitas x's acreditar no abstracto... *

junho 27, 2005 9:53 PM  
Blogger vulnerable said...

Simplesmente, obrigada Lost in Space

junho 27, 2005 9:59 PM  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida Vulnerable (nome, please)
Obrigado pela visita.
Eu diria que não esperes mais... agarrada a um retrato? Desculpa a frontalidade, mas precisas de alguém de carne e osso e não uma mera fotografia. Olha à volta, o mundo ainda não acabou.
Um beijo
Daniel

junho 27, 2005 11:07 PM  
Blogger Orfeu said...

Vulnerável não, para mim...Lindo. Adorei...o que descobri. Estas asas de anjo que nos fazem sonhar.
Um Beijo.

junho 27, 2005 11:22 PM  
Blogger Cakau said...

Olá! :) Obrigada pela tua visita e comentário a um dos meus blogs, o Lipstick'n'Girls.

Vim retribuir o gesto e conhecer o teu cantinho. Está encantador!
Voltarei :) * Beijos *

junho 27, 2005 11:25 PM  
Blogger vulnerable said...

Obrigada Daniel pela tua preocupação... mas julgo que o ainda me contento apenas com o "retrato"

S.....

junho 27, 2005 11:26 PM  
Blogger vulnerable said...

Obrigada Orfeu... Asas d'Anjo que nos fazem voar para sonhar...com aquilo que desejamos, que queremos, que precisamos...

Beijo GRANDE

junho 27, 2005 11:29 PM  
Blogger vulnerable said...

Obrigada Cakau, volta sempre que desejares.

Beijo

junho 27, 2005 11:30 PM  
Blogger Guida said...

Adorei... espero que sim, que volte... (Desculpa s n m alongo mas hj o sol n nasceu para mim...)

*Miminhus* e obrigada pela visita

junho 28, 2005 12:18 AM  
Blogger Lana said...

humm..n convem eserares por algo k n esteja certo..perdes anos e no fim n encontras nd..

junho 28, 2005 12:39 AM  
Blogger vulnerable said...

Não considero justo, o sol deveria nascer para todos...
Muitas coisas boas para ti

Obrigada guida

junho 28, 2005 12:40 AM  
Blogger vulnerable said...

Mas o que fazemos quando temos esperança... e se assim não for... simplesmente a vida não tem razão de ser...

Obrigada Lana

junho 28, 2005 12:41 AM  
Blogger o som do vento said...

estranho sorri so que nasce em mim, ao lembrar-me dos momentos em que também eu segurei retratos na vã espera de um regresso mais desejado que a própria vida... que sentia esvair-se em mim na solidão...

sempre chorei ao lembrar...hoje sorri. Talvez esteja na altura de guardar definitivamente os retratos, ao invés de os ter apenas escondidos entre livros...

*

junho 28, 2005 11:54 AM  
Blogger vulnerable said...

Não sei se por loucura se por razão... talvez por paixão... essa permanece a minha ligação.

Obrigada "o som do vento"

volta sempre que desejares

junho 28, 2005 12:01 PM  
Blogger sotavento said...

Vim retribuir a visita e gostei do teu cantinho!... :)

junho 28, 2005 1:47 PM  
Blogger vulnerable said...

Obrigada "sotavento" pela tua presença.

junho 28, 2005 2:20 PM  
Blogger Daniel Aladiah said...

Querida S...
Eu não estava bem... desculpa, tive que cá voltar para te dizer que fui seco e insensível...perdoa.
Um beijo
Daniel

junho 28, 2005 3:34 PM  
Blogger vulnerable said...

Daniel, tenho-te simplesmente a dizer que não foste nada "seco" e "insensível"... apenas expressaste a tua opinião... seja ela num momento mais frágil ou não... espero que estejas melhor...
Se precisares de uma palavra amiga... estou aqui para te ouvir!

Beijo

junho 28, 2005 3:52 PM  
Blogger Clife said...

Que seria de nós se não tivesse-mos a capacidade de sonhar? Porém, o que seria de nós se tudo não passa-se dum sonho? Enfim, são coisas como esta que fazem-me dizer: "só sei que nada sei"... e sinto-me tão pequenino neste imenso universo quando penso nisso. Este teu poema fez-me pensar nisto! *

junho 30, 2005 3:37 PM  
Anonymous Anônimo said...

Where did you find it? Interesting read » »

março 07, 2007 4:27 PM  

Postar um comentário

<< Home