quarta-feira, junho 29, 2005

"O que queres de mim...?"

Foto: Alain Daussin

O que queres de mim...
Loucura até ao fim?
Partes sem despedida... voltas de mão estendida
Pedes-me um abraço de menina sofrida
Que te importa a ti... o que feriu dentro de mim!
Rasgas os meus sonhos... como se de um papel tratasse
Juntas os pedaços... como se um puzzle montasses
O que queres de mim...?
Que volte para ti...

15 Comments:

Blogger Orfeu said...

Eu pessoalmente, quero que voes bem alto até ao mar dos teus sonhos...E que sejas muito feliz, tendo tudo o que desejas. Um beijo.

junho 29, 2005 8:27 PM  
Blogger Leti said...

Talvez o que tu queres é que é realmente importante!!;)
bigada pelas visitas e pelos comments!!:)
bjuuu!!***

junho 29, 2005 9:10 PM  
Blogger breeze said...

Será que vale a pena sofrer tanto assim!? Ou queres mesmo que ele volte para ti. Beijinhos :)

junho 29, 2005 9:33 PM  
Blogger SereiaPerdida said...

E é essa a incógnita q custa tanto descobrir.. Bjinhs*

junho 29, 2005 10:01 PM  
Anonymous curiosa paixao said...

Olá, é a primeira vez que aqui venho, já li alguns dos teus belos poemas, mas acima de tudo adorei as imagens que os acompanham. Obrigada pela visita e pelo comentário no meu blog. Um beijo

junho 29, 2005 10:42 PM  
Anonymous impressaodigital said...

saber que o desejas, saber que ele te quer...saber que volta tudo ao mesmo, saber que queres que ele volte..porque ninguém escolhe de quem gosta; mas podemos escolher se queremos sofrer ou não!
ter consciência disso é já um bom sinal, um sinal que numa proxima partida sem despedida não fica a saudade.

junho 29, 2005 11:13 PM  
Blogger Ana said...

Gostei que me visitasses na encosta, e gostei das tuas asas de anjo... voa!
Um beijo.

junho 30, 2005 12:10 AM  
Blogger Cris said...

São realmente bonitas as tuas asas... é bom voar por aqui contigo...

Posso colocar o teu link no Sementes?

beijinho

junho 30, 2005 12:53 AM  
Blogger vulnerable said...

Sim... claro que podes... agradeço a tua visita ao meu cantinho.

Beijo GRANDE para ti "cris"

junho 30, 2005 12:59 AM  
Blogger Clife said...

O que queres de mim perguntas tu, enfim, voltar talvez não... perdoar talvez sim. Será? Muitas vezes sim! ;)*

junho 30, 2005 3:41 PM  
Blogger Luis said...

Egoista o homem, quer tudo para ele, e só dá conta de metade, e mal...
Teria outra ideia de ti se as coisas a que dás importancia passassem a ser insignificantes em certo contexto...este é um segredo de percepçao :)

Lindo post

junho 30, 2005 8:07 PM  
Blogger Toranjinha said...

Olá! Ainda não tinha visitado o teu blog. Muitos parabéns! Gosto do que leio e vejo! As fotografias são muito bonitas e os textos que as acompanham (por vezes frases apenas) são muito interessantes.
Gostei particularmente deste último poema. Muito belo.
Realmente, por vezes, as pessoas não sabem o que querem, o que gera indefinições e impasses mas, sobretudo, tristeza.
O amor vagabundo, que vem e volta... Que não tem para onde ir... Que deambula, perdido dos outros e de si... Esse amor que consome e que nos deixa sós, logo depois...

julho 01, 2005 3:03 PM  
Anonymous Anônimo said...

Wonderful and informative web site. I used information from that site its great. » »

fevereiro 28, 2007 7:16 PM  
Anonymous Anônimo said...

This is very interesting site... » »

março 04, 2007 7:50 PM  
Anonymous Anônimo said...

Looking for information and found it at this great site... »

março 16, 2007 8:31 PM  

Postar um comentário

<< Home